}



H O M E
is(a)mateur

autorasobreblogroll

29/04/2017

notas de não sei nada sobre (amor)

Imagem relacionada

01:18

...eu vou enlouquecer.

03:22

"é como quando você vê a névoa de manhã, quando você acorda antes do sol nascer. é como um breve instante que depois desaparece."

03:54

a
a
a
a
a?a
a!
!

05:02

mas é tão bom, né? esse sentimento...

05:14

não
eu odeio te amar.

21 comentários:

  1. Isso soa como amores impossíveis. Me identifico muito com esse simples e significativo post,

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela sua visita e por ter deixado o seu comentário, Albuquerque. Não sei se fico feliz ou triste por ter se identificado! Hahaha
      😊

      Excluir
  2. Temos alguém apaixonada por aqui? hahaha
    Se quiser conversar basta compartilhar com a gente.
    Beijos Isa :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou alguém que está se desapaixonando... Eu realmente não sei, Nanda! Que saudade de você! Fico muito feliz que tenha aparecido por aqui ❤️

      Beijinhos e até logo!

      Excluir
    2. Ou se desapaixonando? haha
      Também estava com saudade!
      Beijos. ❤️

      Excluir
  3. Admito que ri um pouco com a nota das 03:54, porque isso descreve perfeitamente o que já senti em tempos. Mas a vida oferece-nos experiências suficientes para aprender que amar não é tão mau quanto isso :)
    Gostei especialmente da nota 03:22 :)
    Um post simples mas absolutamente significativo. Adorei a aura do seu blog, vou seguir!

    meg,
    swacre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa nota (03:54) foi como um grito sem som. A nota 03:22 é uma frase do meu querido Charles Bukowski quando perguntaram a ele qual era a sua definição de amor.

      Muito obrigada pelo carinho, Meg! Também gostei muito da atmosfera aconchegante do teu cantinho.

      Excluir
  4. Olá Isadora, tudo bem? Eu espero que sim.

    Eu li a postagem e também vi alguns comentários e entendi perfeitamente o que se passa e como você se sente, afinal, eu sou exatamente assim, desse mesmo jeitinho, sem tirar nem por. É aquela típica coisa de: nossa, eu estou apaixonada, caramba! Mas também aquela outra parte do: meu Deus, eu não quero isso.

    Assim como a Meg, em seu comentário, eu também ri na sua nota (03:54), pois se pareceu comigo e eu já cheguei a mandar isso para uma pessoa que eu gostava e ela ficou se perguntando se eu tinha dormido em cima do celular, engraçado? Não! Constrangedor é a palavra exata.

    Eu adorei sua postagem, amo postagens assim, simples e com um intuito muito interessante. Poste mais vezes Isa, adoro ler o que escreve ☺

    Com amor,
    http://afogandonachama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura. Eu estou bem, de qualquer forma, e você, como está? Desde já agradeço pela visita e pelo comentário ❤️

      Sim! Às vezes eu mando essas coisas sem sentido para algumas pessoas próximas e, por incrível que pareça, elas sabem direitinho o que eu quero dizer 😭 Mas é realmente bem constrangedor colocar-se em uma situação dessas!

      Fico muito feliz que tenha gostado, sério. Isso foi uma tentativa boba de expressar os meus confusos sentimentos de uma madrugada em claro. E esvaziar a minha cabeça. Ainda estou desconfortável com a postagem, mas sinto que precisava fazer esse desabafo!

      Até breve! 🙋

      Excluir
  5. Teria uma pessoa um pouco desapaixonada por aqui? É tão ruim essas desilusões amorosas,sabe,estou como você mas infelizmente (ela) já não dá tanta bola para mim e isso sempre me frusta. Seria entre amor e ódio mesmo,é tão ruim amá-la.

    Seria eu um menino com o coração feminino (hipocrisia de minha parte),mas assim como você nas suas frases tenho me identificado principalmente nos minutos (01:18).

    Você sabia que comecei a ler bukowski por sua causa? Obrigado por me apresentar! Atualmente eu estava lendo Misto-Quente,o que você acha sobre ele? Sinto sua falta por aqui,não some não ♡

    ♡♡♡♡♡
    Até logo.
    meu bloguinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digamos que sim. Estou algo entre apaixonada e decepcionada. É muito ruim quando o nosso sentimento nos fere, não é mesmo? ☹️ Eu espero que você consiga superar tudo isso e, por favor, (se possível) não enlouqueça! Hahah.

      AA A A, estou contente por ter influenciado alguém de forma boa. Eu gosto muito da obra Misto-Quente, é uma boa introdução ao Bukowski. O livro conta principalmente a história da infância e da adolescência do autor, então é uma leitura quase que fundamental para compreender a linha de raciocínio dele e entender as demais obras, bem como o gosto dele por algumas peculiaridades e a insensibilidade quanto a alguns assuntos.

      Eu estava discutindo certa vez com um amigo: "Se você não gostar de ler Misto-Quente, então certamente não irá gostar de ler nenhum outro". É aquela mesma velha frase: "Quem não leu Misto-Quente, não leu Bukowski".

      Prometo que vou tentar não sumir, obrigada mesmo pelo carinho, hihi ❤️

      Até mais, Luccas! 😊 (E me conte o que achou quando terminar a leitura!)

      Excluir
  6. o amor é bem isso mesmo. desespero. e um pouco de aconchego.
    boa sorte nas suas paixões ou despaixões <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lari. Ai, muito obrigada ❤️ ❤️

      Excluir
  7. Meio que me identifiquei com as tuas notas. Sempre preguei que estar apaixonada era um sentimento incrível, um dos melhores a se experimentar (mesmo nunca tendo o sentido antes), mas parece que as minhas palavras se viraram contra mim e eu finalmente me apaixonei. Não recomendo esse sentimento a ninguém, ainda mais para aqueles que sejam tão profundos como eu.
    Estou decepcionada, assim como você, imagino.

    Faz tempo que não passo por aqui, senti tua falta. ♥ Se quiser, me chame pra conversar no whatsapp, sinto que temos muito a compartilhar.

    Até ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Isa, é tão ruim, né? Ao mesmo tempo que bom... Eu também sou uma pessoa profunda, possamos assim dizer. Eu me entrego 100% e é bem merda quando a pessoa não faz o mesmo. Espero que essa decepção amorosa passe logo logo, não gosto de te ver assim, moça! ☹️

      Também sinto sua falta. Acabei de mandar um oizinho no wpp; vou adorar enfim poder falar com você ❤️ Até mais!

      Excluir
  8. Isso realmente descreve o ciclo da insônia causada por alguém especial. Questionar as coisas, os sentimentos o tempo todo pode parecer que nos leva à loucura, mas como diz a Irmã Judy (AHS <3), "duvidar de si mesmo é sinal de sanidade" e muitas vezes o que falta no amor é a voz da razão.

    http://n-e-a-p-o-l-i-t-a-n.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sofia. Feliz por ler seu comentário 😊

      Malditas pessoas causadoras de insônia! haha. Descobri, depois de 1 ano e 7 meses de namoro, que nada nessa vida tem razão quando se trata de relações amorosas.

      Bem conveniente falar de loucura e citar a Irmã Jude... MELHOR TEMPORADA EVER.

      Excluir
  9. Esse quote não é uma frase do Buk? Lembro de um vídeo dele falando algo assim. Eu achei lindíssimo e verdadeiro. Às vezes, o amor é como aquele amanhecer quente de um sol de verão, mas que logo se amorna.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, velho Buk e seus pensamentos são sempre lembrados por mim naquelas crises existenciais da madruga; A sinceridade dele realmente me fascina.

      Obrigada pela visita, Bruna, você é muito querida por aqui ❤️

      Excluir
  10. Tuas notas me fizeram refletir sobre como eu odeio amar uma pessoa - em especial -. E é exatamente assim que minha ficha foi caindo... sei lá eu se isso faz parte da minha crise existencial ou o quê.

    E você acredita que mesmo assim eu não sei o que é o amor de fato? Confuso.

    Saudade Isa ❤️

    ResponderExcluir
  11. É engraçado como cada palavra que a gente escreve sobre o amor vem carregada de significado. Tudo tem muito sentimento, enche a gente e também transborda. Queria estar parada do 05:02.

    ResponderExcluir

✋👍👎👉👄👅💁🙆🙋😭😁😄😊😋😘😍😎😔😪😐😟😨😠😡💔❤️💛🍂🍃🌵🌲🍄🌻🌼🍀🌸🍉🍋🍒🍓🍊🍇🍑🍌🍕☕🎅🎃💩💣🌎🌑🌕🌙⛅