11 janeiro 2021

Sobre trocar cartas

Eu já troquei cartas há muito tempo e estou sentindo falta de escrever e receber cartas. Tenho pensado muito nisso ultimamente, mas não encontro destinatários.

Descobri a existência do Penpal (pen = caneta/ pals: parceiro), um site que consiste na troca de correspondências com pessoas do mundo todo. É maravilhoso! Porém, tenho vontade de me corresponder com pessoas de outros lugares do Brasil. Nosso país é tão grande! (Cliquem aqui para ter uma noção disso). Infelizmente a maioria dos brasileiros cadastrados no Penpal tem interesse na cultura estrangeira ou em aprimorar o inglês e/ou outras línguas.

Eu gosto muito de produzir as cartas, tanto de escrevê-las quanto enfeitá-las, até mesmo de preparar o envelope para a entrega. É muito gostoso receber cartas, saber que aquele envelope foi feito com tanto carinho e viajou muitos quilômetros para chegar até mim. Eu adoro trabalhos manuais, caligrafia, papel. Acho o processo de trocar cartas maravilhoso. É muito bom poder conectar-se com outras pessoas através das cartas, é menos sintético que uma mensagem de celular ou um e-mail. Eu também adoro algumas coisas à moda antiga.

Sei que ainda estamos em período de pandemia, e é por esse mesmo motivo que eu sinto falta desse contato real com pessoas, ainda que por meio dos correios. Por isso, eu gostaria muito de alguém para corresponder. Se você tiver interesse em trocar cartas comigo, me mande um e-mail: granadoisadora@gmail.com (please don't be shy) ou avisa aqui nos comentários e a gente conversa mais sobre isso. No site dos Correios tem como buscar as agências mais próximas da sua localidade. Sobre alguns cuidados com a pandemia: sempre usar máscara e levar álcool em gel. Vamos aguardar pacientemente a vacina!

Mas essa postagem não é só um apelo em busca de correspondentes (hehe), me conta sobre você, se já trocou cartas com alguém, se tem curiosidade, o que você pensa sobre isso. Eu vou adorar saber <3

Minha coleção de Ametistas


A ametista é um quartzo roxo, ligado à sabedoria, equilíbrio mental e proteção espiritual. O significado do nome da pedra, que tem origem grega, é "não embriaguez" (cr). Por isso, é uma pedra associada à sanidade mental. Ela protege contra ataque psíquicos, pode acalmar a mente, melhorar o sono e amenizar os problemas emocionais (A Bíblia dos Cristais, Judy Hall, 2008). Além disso, é a pedra oficial do curso de Letras (sou graduanda) ♥

Lembro que o primeiro cristal que tive foi uma ponta de ametista quando eu era pequena. Guardei-a por muito tempo, mas devo tê-la perdido em meio a tantas mudanças. Observando a minha coleção de pedras e cristais, percebi que há mais ametistas do que outras.

Com exceção da pedra grande da primeira foto, todas foram presentes. O primeiro é um pêndulo, que ganhei da minha amiga e mestra. O pingente foi escolha da minha mãe e a drusa (segunda foto) ganhei esse ano da minha irmã mais velha. É bonito quando paro para pensar que de alguma forma todas elas me associaram a essa pedra tão linda.

06 janeiro 2021

O que eu espero de 2021


Mais um ano para o arquivo do blog, o início de uma nova década. O meu maior sentimento é de certa forma o alívio por termos saído de 2020. Ainda que as coisas não mudem de um dia para o outro com a virada do ano, acredito que o que vale é o decorrer do ano, e espero que esses próximos 12 meses sejam muito melhores. Resolvi deixar registradas aqui as minhas perspectivas para esse novo ano e o que eu espero dele em alguns aspectos da minha vida.

Vida pessoal: Quero ter mais saúde e autoestima, vou emagrecer e cuidar mais do meu corpo e da minha mente. Estou pensando em fazer terapia, porque às vezes sinto que eu me cobro demais, guardo as coisas demais para mim e então chego ao ponto de quase explodir.

Faculdade: Dessa vez, eu espero conseguir me adaptar bem ao ensino remoto e me dedicar ao máximo para ter um semestre proveitoso, para que eu não precise trancar novamente.

Financeiro: Pretendo parar de comprar coisas desnecessárias e começar a guardar uma quantia de dinheiro mensalmente. Quero aprender sobre educação financeira, anotar todos os meus gastos e manter um controle de saldo mensal no meu planner. 

Como artista: Quero mostrar mais de mim nos meus desenhos, voltar a publicar minhas artes frequentemente na minha conta de arte do Instagram. Espero alcançar a meta de 3000 seguidores esse ano, bem como abrir para encomendas e começar a trabalhar com retratos.

Espiritualidade: Desejo me dedicar mais às orações e exercitar com mais regularidade a gratidão. Quero ser capaz de compreender mais sobre mim mesma e meus propósitos. Conectar-me com a natureza, as fases lunares e o sagrado feminino.

Hobbies: Minha meta é ler todos os livros que deixei de ler em 2020, ou ao menos dois livros por mês. Também quero me aprimorar no crochê e na costura, praticá-los mais.

Blog: Espero continuar firme e forte por aqui, trazer conteúdo sempre que possível. Quero encontrar blogueires novos para acompanhar e fazer amizade. Sinto falta das amizades (e das panelinhas). É triste ver quantos amigos já foram embora dessa plataforma tão querida.

Mundo: Eu espero que a vacina seja efetiva e acessível. Que a gente possa nos encontrar finalmente com quem gostamos, voltar a frequentar os lugares que frequentávamos, sentir o abraço de nossos amigos, saber que estamos protegidos e que não vamos perder mais vidas.

É isso. Um ótimo 2021 para nós!